Orkut: ter ou não, eis a questão

Lendo essa matéria no Estadão de hoje fiquei lembrando da época em que tive um perfil no Orkut e passava hooooooras participando de comunidades, trocando scraps, conhecendo pessoas novas, paquerando, enfim, me divertindo no meio daquela zona toda. É incrível ver como o tempo passa, aliás: quem diria que o Orkut está completando três anos de existência hoje?
Entrei no Orkut logo no comecinho, quando ainda era preciso ter convite pra participar dele. Peguei a época em que tinha gente que leilova convites no Mercado Livre, e tinha gente que ainda topava pagar por eles! Lembro também que era uma comoção quando uma comunidade chegava ao número incrível de… 100 membros. Pois e não é que hoje tem uma comunidade, a “Odeio Acordar Cedo”, que conta com mais de 3 milhões de participantes??? Assustador.
Pratiquei o que hoje é chamado de “orkuticídio” há 6 meses, mais ou menos quando o Orkut criou aquela ferramenta que permite que cada um saiba quem andou espiando seu perfil. Mas eu já estava cansada do site há tempos. Porque já não dava mais pra discutir assuntos naquelas comunidades lotadas de gente que gosta mais de falar do que de ouvir os outros. E aqueles spams que invadiam meu scrapbook também tiravam toda a minha paciência! Ok, confesso que de vez em quando bate uma saudade de ficar espiando os scraps dos outros. Mas e vocês, que ainda estão no Orkut, me digam: ainda vale a pena ter perfil lá?

Anúncios

19 Respostas para “Orkut: ter ou não, eis a questão

  1. Tenho perfil lá por conta das minhas comunidades, mas entro mais para pegar os recados e dar uma olhada em minhas comunidades, depois logo saio.
    Big Beijossssssss

  2. oi querida, eu vejo o lado bom do orkut, nunca tive problemas graças a Deus, até porque evito. Lá encontrei amigos de infancia, de trabalho, pude recuperar um pouco da minha história. Agora, até entrei em um monte de comunidade (pq o pessoal convida) mas não participo de nenhuma, não tenho saco pra ficar respondendo tópicos do tipo: pula o muro ou não? beija ou vira a cara? come ou guarda pra depois? rsssss então por ai a gente vê que a qualidade anda pessima ou então as pessoas estão realmente cada vez mais solitárias né não? Beijão!

  3. Tudo tem seu lado positivo e seu lado negativo.

  4. A única utilizade prática é vigiar o que os outros estão fazendo ou dizendo. As comunidades não rendem discussões e o contato com amigos geralmente é feito via IMs mesmo.

  5. Tenho pois participo de comunidades de meu interesse que vez ou poutra rola algo util… mas apenas isso. Ficar olhando o perfil dos outros, nao faz a minha praia.. Acho uma maneira digital de cuidar da vida dos outros.
    Ahh, e odeio gente que acha que scrap no orkut é meio de contato, hehehe

  6. Acho suuuuuper prático o ofício do orkut. Mantenho contato com pessoas distantes, ou com as quais quero chegar mais perto. Não FUXICO, não fico como louca prestando satisfações às comunidades que adiciono, e não contabilizo scraps.
    Adoro a praticidade… e só.

  7. Oi Ana! Gosto do Orkut sim, apesar de não ser uma viciada. Acho que fiz dele um caminho rápido e continuamente visitado pelos alunos que precisam de alguma ajuda ou que querem tirar dúvidas sobre a universidade. Não gosto das mensagens em massa nem daquelas pessoas que copiam e colam a mesma mensagem para todos os amigos do perfil. Boring!!! Mas, até agora, vai tudo ok no mundo Orkut para mim.

    Obrigada por jogar a E.I. da semana. Suas escolhas foram ótimas, principalmente a dubiedade, que tem tudo a ver com a pintura.

    Boa semana!!!

  8. Ana Pratalli, eu acho que vale apenas para uma forma de contato com amigos distantes! O antigo objetivo de aumentar a rede de relacionamento e utilizar as comunidades para discutir certos assuntos já não é mais possível! Como você disse, fora os Spammers, ninguém mais lhe dá atenção, apenas enfia uma porrada de recados em cima da sua e nem lhe respondem. Acho que esse objetivo de discussão é possível com os blogs que estão tomando corpos cada vez mais corporativos. Aquele antigo conceito de “Diário” se desmanchou(ainda bem). Gosto de blogs como o seu, temas intessantes onde pode se fazer críticas, discutir, sugerir, enfim, debater em geral. Hoje com blog consigo até mesmo utilizá-lo como ferramenta auxiliar aos meus estudos. Assim sigo utilizando de forma consciente! Pra isso que vieram os blogs, flogs e tudo mais, não é?

  9. Ana, eu participei no comecinho. Saí porque soube de dois casos pavorosos que custaram muito caro às pessoas envolvidas.Uma delas por muito pouco não teve problemas com a Polícia Federal.
    Depois, na total impossibilidade de visitar algumas páginas indicadas por blogueiros por uma razão qualquer, decidi voltar, mas pouco freqüento. Faz muito bem você em ter caído fora. Beijocas

  10. Imagino que seja semelhante ao hi5.com.

    Tenho perfil, mas não fiz disso um vicio. Acho engraçado (re)encontrar pessoas que não via há muito… mas como qualquer outro canal, cada um dá a utilização que quer.

    Bjos.

  11. Então, eu também tenho orkut dos tempos que o ML leiloava convites. E claro que os spams chateiam e tal, mas eu acho muito prático para deixar um recado quando a pessoa não está no msn e sobre fuçar orkuts alheios… é normal, a gente gosta de saber da vida alheia.

  12. elisabetecunha

    Ana, nunca tive e não pretendo ter, acho muito impessoal e fútil. Passei para te dar um abraço sincero!
    apareça , tem post novinho!
    ANA[ ….você me linka?/……]
    Se não puder tudo bem!!! 🙂

  13. Ainda não encontrei muita utilidade para o Orkut…talvez prefira a blogosfera.

    Abraço

  14. Eu ainda tenho, mas tenho pensado com carinho em cometer o orkuticídio também.

  15. Vejo meu orkut todos os dias. Adoro, sinceramente. Dane-se quem for contra. Demorei para aderir na orkutada, mas, agora, até meu marido portuga tem um. Acho que o blog, depois também que descobri esse novo universo, nos faça mais inteligentes, pois lemos e escrevemos mais. Parece uma aula de redação constante, com a diferença que escrevemos e lemos só o que nos interessa. Beijos.

  16. A facilidade de encontrar ou reencontrar pessoas no Orkut é o que me atraía, mas isso não foi o suficiente. Não participo mais e nem sinto falta.
    Prefiro a blogsfera, de longe.
    Beijos
    ;*

  17. Juliene Pedrosa

    Resisti muito antes de ter, mas depois acabei aderindo. Confesso que não sou amante, nem sou de ficar o tempo todo no Orkut (não tenho paciência), mas ainda entro lá.
    Tive a oportunidade de reencontrar amigos da infância, e isso foi muito bom para mim. Esse o único motivo para continuar…
    Adorei seu Blog!

  18. A única qualidade do Orkut é ser suficiente limitado para conquistar a preferência dos brasileiros (hehehe) então todos estão por lá…

    No meu grupo de amigos tem muita gente que não consegue usar email, blog, rss etc, mas consegue receber uma mensagem pelo Orkut então o uso para falar com alguns desses amigos.

    No mais simplesmente todas as outras comunidades on-line tem mais recursos e parecem mais populares como o Facebook que é a novidade do momento.

  19. Recados para Orkut, Mensagens para Orkut, Imagens para Orkut, Glitter, Gifs e Imagens no site para que você possa utilizar em seu recados do Orkut.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s